Como tomar decisões de crédito através de Sistemas de Gestão Empresarial
28/08/2020
Por Axesor

Grande parte do sucesso de uma empresa está na forma como é gerida, especialmente no contexto B2B. Nesse sentido, é imprescindível saber tomar decisões de concessão de crédito, tarefa em que é fundamental ter informações valiosas e atualizadas. Para isso, os sistemas de gestão empresarial representam uma excelente ferramenta, desde que permitam a adaptação às necessidades concretas do negócio.

Um sistema de gestão permite que as empresas giram diversas áreas ou departamentos de forma abrangente, recolhendo dados centralizados e permitindo que as decisões sejam tomadas com base em informações precisas. A sua penetração no mercado é tal que cerca de 53% das organizações consideram-no um investimento prioritário no âmbito dos seus orçamentos.

Porém, esses sistemas por si só não são suficientes para atender a todas as necessidades das empresas B2B, principalmente no que se refere à gestão do risco de crédito, por isso é fundamental contar com softwares que permitam integrar indicadores de risco e plataformas internas.

Como tomar decisões de crédito? Os indicadores que não pode desconsiderar

Para manter uma gestão adequada dos riscos, as empresas B2B devem ter informações precisas sobre os seus clientes, resguardando a rentabilidade das suas operações comerciais e garantindo o retorno dos investimentos realizados.

Nesse sentido, os principais indicadores a considerar são:

  • Probabilidade de incumprimento. Probabilidade de uma empresa deixar de cumprir as suas obrigações de pagamento em tempo útil. Pode estar mapeado e representado por um indicador ou escala. Assim, é possível fazer uma avaliação do risco que representa cada empresa, salvaguardando as operações comerciais.
  • Risco máximo recomendado. Um indicador-chave em termos de controlo do risco comercial, pois apresenta uma recomendação quanto ao limite máximo das operações comerciais com determinadas empresas, num dado momento e com um determinado nível de risco associado.
  • Indicador de comportamentos de pagamento. Outro dos indicadores que permite um excelente controlo dos riscos financeiros. Fornece informações acerca da forma como uma determinada organização faz face aos seus compromissos de pagamento com terceiros.

Ao contar com indicadores como estes, as empresas podem antecipar a viabilidade de determinadas operações, sabendo com antecedência qual é o comportamento de pagamento de uma determinada empresa ou o nível de risco que representa, resguardando recursos e reduzindo significativamente os índices de incumprimento.

Atlax: otimizando ao máximo a gestão financeira

Em linha com o exposto, o datawarehouse de comportamento de pagamento da Axesor - Atlax - proporciona às empresas a possibilidade de integrar os principais indicadores de risco nos seus sistemas internos – ERP ou similares –, permitindo uma gestão integral do negócio.

A integração do Atlax com os sistemas internos da empresa permitirá a tomada de decisões de crédito mais acertadas, oferecendo informação atualizada e detalhada graças a indicadores de risco que consideram as variáveis de mercado e que se adaptam às necessidades de cada empresa.

Além disso, a ferramenta permite que as empresas aumentem os seus níveis de digitalização, algo que – especialmente em relação à componente financeira – é decisivo para que se possam manter competitivas e enfrentar com sucesso a crise económica gerada pela pandemia.

Desta forma, as empresas que atuam no mercado B2B poderão otimizar ao máximo a sua gestão financeira e salvaguardar todas as operações comerciais, algo fundamental num cenário tão complexo como o atual.